Sobre o site

Sobre mim…

4 Mar , 2012  

F.A.Q.

É em si o portfolio de um designer, lançado-se na web (e no mercado-de-trabalho) pela pauta de um diferencial criativo, experimental, e cujo autor vem se empenhando para torná-lo singular em todos os aspectos, tal como sua própria impressão digital. O nome PortNathan foi criado a partir da palavra portfolio, juntando-a com o meu próprio nome. Desenvolvi este site com o intúito principal de mostrar trabalhos pelos quais consegui ressaltar minhas aptidões criativas na minha área de formação acadêmica, e em áreas pelas quais almejo também seguir carreira, como Design Industrial, Design Automobilístico, Arquitetura, ConceptArt, Animação, Character Design e Comic Art (arte de HQs).
 
Como eu atuo na área de Criação, gosto de elaborar idéias que sejam realmente inéditas e que ninguém possa ter concebido antes. Por isso, desenvolvi o menu circular em flash, a fim de expor uma solução mais independente de padrões e conveniências técnicas; além de demonstrar minimalismo em prática (um gênero estético próprio do design tradicional), reduzindo com isso a quantidade de informações (ou de aplicações tipográficas) no topo do layout, liberando mais espaço de “respiro”, dando mais foco à minha marca (o logotipo “PortNathan” dentro do menu); e enfim, para definir um visual hightech que sempre apreciei e sempre gostei de reproduzir em meus trabalhos.
 
Há também todo um conceito filosófico-crítico por trás deste círculo! Se vc quiser saber mais sobre, eu poderei te enviar um artigo inteiro, todo apoiado em bibliografia de arte, antropologia, filosofia, tecnologia, sustentabilidade, história, teorias de (suposta) conspiração, etc… rs! Ele teve origem com os meus estudos da faculdade, em meados do primeiro semestre de 2010, sendo concebido mais como uma reflexão criativa a contemplar tudo o que tenho aprendido com minhas leituras.
 
Resumindo, posso dizer que o menu se trata da demonstração de uma forma cíclica de pensamento, aplicada… Isto é, um pensamento que desempenha sua auto-renovação periodicamente, sem se limitar a linearidades, sempre disposto a rever seus conceitos, evitando preconceitos, mantendo a imparcialidade em seus julgamentos, admitindo suas (eventuais) falhas, e reconhecendo a reversibilidade de qualquer paradigma que venha limitar seu programa de aperfeiçoamento próprio… Portanto, uma forma círcular e sobretudo sustentável em si mesma, aplicada antes, durante e após o processo de design.
A interface é, em sua maior parte, de uma iniciativa minha. Apenas algoritmos de autoria alheia foram usados, sendo: o que faz funcionar o movimento circular (trigonometria aplicada), e os códigos que executam o efeito fluído no background…
O resto (botões, caixas de texto, XML, animações, imagens, efeitos visuais) são produções minhas, agregando a biblioteca de códigos Greensock.
 
Programei tudo em AS3, a partir de um tutorial que encontrei ensinando como fazer uma virtual compass (bússola virtual) no Flash, cujo site, de um programador chamado Andrew N. Price, já não se encontra mais on-line; mas podem ser encontrados os códigos precursores aos dele nesta sessão de forum.
Tratava-se apenas de uma seta que seguia os movimentos do mouse… Então alterei alguns parâmetros do código (de fato inverti o sentido do movimento da seta, afim de fazer o cursor interagir com todos os botões do círculo, o que não acontecia com o código do autor), adicionei botões, interação com XML, e adaptei tudo de acordo com o que eu precisava.
 
Arrisco dizer que o resultado final tornou-se único na web, uma vez que encontrar uma interface desta forma, em versão swf, foi praticamente nulo na época em que me lancei nesta empreitada (entre 2009 e 2010).
É claro! Trabalho também como freelancer… Entre em contato, e acertaremos o que deverá ser feito.
As pessoas fazem uma confusão mirabolante com o meu nome! É impressionante constatar que muitos brasileiros não sabem sequer que a acentuação ~ (“til”) existe…
 
Natã (meu nome oficialmente batizado em certidão de nascimento) é a tradução para o português do nome de origem hebraica — נתןNathan (grafado deste modo em latim), e que significa “presente de Deus”, rs! Oras… gosto do meu nome, afinal!
 
Mas, qualquer outra grafia, como Nathãn, Nathã, Nata, Natham, Natam e etc. está, de fato, redondamente errada, pois nunca existiram — isto é, nunca tiveram uma procedêcia etimológica, histórica e/ou cultural.
 
Eu uso com frequencia o nome Nathan porque os sistemas informatizados, por serem baseados em lingua inglesa, raramente imprimem a acentuação do meu nome original — o que acabo aceitando, devido às circunstâncias que me são alheias.

 
 

Texto redigido em 14 de Setembro, 2011.
Revisto e atualizado em 08 de Abril, 2017.

Meus contatos
celular:
(19) 9-8377-6190 [TIM].

e-mail: nstargina@msn.com, nstargina@gmail.com

 
Baixe e avalie: Curriculum Vitae.
 
– Diploma digitalizado – frente, exceto verso. Clique para ver maior:
 

 
 
 
 
Natã Da Silva Targina | Criar seu atalho

 
 


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

 
 

Comentários Recentes

publicidade